Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Meetings and Conferences 18 e 19 de maio 13h30 - 14h00

A Peça do Mês - sessões comentadas

A peça do mês de fevereiro escolhida pelos seguidores das redes sociais do Museu Nacional Soares dos Reis é um escritório datado do século XVI, produzido no Japão no Período Momoyama.

Saiba mais sobre esta peça da coleção Moreira Cabral, propriedade da Câmara Municipal do Porto e em depósito no MNSR, numa das sessões comentadas, por Paula Oliveira, gestora de coleção no museu nos dias 10 e 23 de março, entre as 13h30 e as 14h00.

A presença dos portugueses no Japão deu início à produção de um novo tipo de objetos em  laca destinados à exportação. A laca, urushi, material desconhecido na Europa e realizado a partir da extração da seiva de uma árvore existente naquele país, era muito apreciada pelo seu brilho, impermeabilidade e elevada resistência.

As lacas de exportação eram ornamentadas com padrões densos de flores, plantas e árvores cobrindo todas as superfícies e executadas em makie-e,  pó de ouro e outros metais polvilhados, e incrustações de madrepérola, raden. Em referência à sua clientela, os nambanjin ou "bárbaros do sul", essas obras foram designadas na arte japonesa como lacas namban.

Entrada gratuita

INSCRIÇÕES com indicação da data pretendida para
divulgacao@mnsr.dgpc.pt

Organization:
MNSR/DGPC
Local:
Museu Nacional Soares dos Reis, Porto