Skip Navigation
Património Industrial > Estruturas Sociais Associadas

Séc. XVIII - Residência de Guilherme e Diogo Stephens

Designação

Edifício que foi residência de Guilherme e João Diogo Stephens

Localização

Praça Guilherme Stephens

Freguesia / Concelho / Distrito

Marinha Grande / Marinha Grande / Leiria

Função

Residência de proprietários industriais (localizada no complexo vidreiro)

Época

Século XVIII

Caracterização

Palácio com características neo-clássicas, de influência inglesa. Foi construído de raíz por Guilherme Stephens para sua habitação, aquando das suas deslocações à Marinha Grande. Passou para o Estado, em 1826, por vontade testamentária de Diogo Stephens, sendo a sede das diversas administrações fabris posteriores. O Palácio encontra-se inserido na área manufactureira, desenvolvendo-se na zona fronteira, a antiga fábrica de cristal e do lado direito a antiga fábrica de vidraça. Actualmente, constitui o Museu do Vidro.

Classificação

I.I.P., Decreto Nº 47508 de 24.1.1967

Observações

A classificação abrange os jardins integrados no conjunto de dependências que compõem a Fábrica Escola Irmãos Stephens.