Skip Navigation
Património Industrial > Obras Públicas / Infraestruturas

Séc. XIX - Estação de Caminhos de Ferro do Rossio

Designação

Edifício da Estação de Caminhos de Ferro do Rossio

Localização

Largo D. João da Câmara

Concelho / Distrito

Santa Justa / Lisboa / Lisboa

Função

Sistema de transportes ferroviários

Obra pública

Época

Século XIX (1886-1887)

  • Interior da gare em ferro da Estação do Rossio

  • Interior da gare em ferro da Estação do Rossio (tecto)

Caracterização

A Real Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses encomendou ao arquitecto José Luís Monteiro a construção da Estação Central de Lisboa, localizada no Rossio. O edifício da estação é emblemático e caracteriza-se por uma linguagem neo-manuelina.

Valorizou-se e nobilitou-se assim, um espaço com funções públicas e inovadoras para a altura, como uma estação de caminho-de-ferro, através da utilização de uma corrente estética geralmente atribuível a edifícios conotados com o poder. Do conjunto destaca-se a cobertura do cais de embarque, enquadrada nos protótipos da arquitectura do ferro, colocando-a ao nível das estações europeias da época. Esta cobertura em ferro foi realizada por uma empresa de construção belga.

Classificação

I.I.P., Decreto Nº 516/71 de 22-11 Z.E.P., Portaria 529/96, de 1-10