Saltar para o conteúdo principal da página

Concertos Sextas-feiras, até 24 de agosto

NOITES DE VERÃO 2018

Até 24 de agosto, sempre às sextas-feiras, pelas 19h30, voltam os Concertos das Noites de Verão no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, em Lisboa

Entrada livre

Programa

17 de agosto - Sallim (PT)  

24 de agosto - Barre Philips (US)

 

Sallim

Jovem cantautora nacional, com gracioso talento também em desenho e artes gráficas, que lançou o mui incensado “Isula” há dois anos - num serão memorável na Galeria Monumental - e que integra as fileiras do colectivo e editora Cafetra Records, de Lisboa. Em voz e guitarra tem construído um repertório sofisticado de canções doces, suavemente acima do chão, com ecos de Mafalda Veiga ou Mazzy Star num sonho distante e uma linguagem sua a aprimorar-se a olhos e ouvidos actuais. 

Vitor Belanciano na sua crítica para o Público qualificou a sua música e justamente de “flor tridimensional”, e nesta ocasião teremos oportunidade de conferir os novos avanços e canções que irão integrar o aguardado segundo álbum. 

 

Bandcamp - https://sallim.bandcamp.com/ 

Vídeo “Nada Igual” - https://youtu.be/5bl_ZELw1_4 

 

24 de Agosto - Barre Philips

Este cavalheiro octogenário natural de San Francisco, há muito sediado no Sul de França, é simplesmente um dos contrabaixistas mais seminais na definição do que foi o cruzar do movimento cultural do free jazz Norte-Americano e a esteira da improvisação livre Europeia a partir da década de 60, contribuindo para novas e múltiplas avenidas de expressão em música e som. Ao longo da década tocou e gravou ao lado de ilustres como Eric Dolphy, Archie Shepp, Lee Konitz ou Marion Brown, e as suas gravações em ’68 de improvisações a solo de contrabaixo, editados nos Estados Unidos como Journal Violone, Unaccompanied Barre no Reino Unido, e Basse Barre em França, é usualmente referido como o primeiro disco a solo de contrabaixo - assim como o disco de 1971 Music from Two Basses, com Dave Holland, na ECM, o é para a catalogação como o primeiro dueto de contrabaixos alguma vez lançado. Com uma discografia extensa - gravou em estúdio e ao vivo encontros em dueto com Barry Guy, Keiji Haino, Peter Kowald ou Derek Bailey, em trio como o com Evan Parker e Paul Bley no início dos 90, e mais recentemente títulos com Joe e Mat Maneri - e apresentações regulares ao vivo com pares de diferentes gerações, tem também ao longo do tempo trabalhado em música para cinema, como nos casos de Merry-Go-Round, de Jacques Rivette, de 1981, ou Naked Lunch, de David Cronemberg, de 1991, com Ornette Coleman.

Não sendo um estreante em visitas a Portugal, esta será por ventura a primeira vez que se apresentará a solo no nosso país, uma ocasião que nos enche de particular regozijo, tamanho o exemplo de talento, persistência e honestidade do músico em questão.

“Basse Barre” (1968) - https://youtu.be/lIddURQWdMI 

“Call me when you get there” (1984, ECM) - https://www.youtube.com/watch?v=D2C-ChDnI7Q

Organização:
MNAC/DGPC
Local:
Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, Lisboa