Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Encontros e Debates 27, 28 e 29 de setembro

IX CONGRESSO Internacional dos Monumentos Militares

A Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos irá organizar, nos dias 27, 28 e 29 de setembro de 2022, o IX CONGRESSO Internacional dos Monumentos Militares, sob o tema A paisagem fortificada: novas perspetivas de estudo e valorização.

Este Congresso conta com o apoio da Direção-Geral do Património Cultural e terá lugar em Lisboa.

Este evento científico, no seguimento dos anteriormente realizados, visa a divulgação e partilha de conhecimento resultante de investigação mais recente nas áreas da história, arqueologia, urbanismo, arquitetura, arte e cultura, ou a apresentação de projetos de estudo e valorização do património fortificado relacionados com os eixos temáticos definidos. 

Para saber mais

As paisagens fortificadas abrangem uma área territorial composta por fortificações, núcleos urbanos e sua envolvente. A construção dessas paisagens é uma obra coletiva, que se caracteriza por uma transformação contínua ao longo de gerações. 

As estruturas militares não podem ser consideradas elementos isolados; pelo contrário, devem beneficiar de uma visão alargada que as integre no território e as interligue com a vida das comunidades. 

Nas épocas medieval e moderna, a construção das cercas urbanas estava vinculada ao poder político, mas também ao modo como as comunidades das urbes correspondiam a privilégios expressos nas cartas de foral. 

As fortificações medievais enquadram-se, maioritariamente, na categoria de monumento, destacando-se pela sua beleza e monumentalidade; mas são também marcos no território, relacionados com a memória e símbolo da identidade urbana. Em paralelo com a evolução da arte militar, acentuou-se a relação entre a fortificação moderna e os novos conceitos urbanos. As cinturas de muralhas deste período e a sua envolvente fortificada destacam-se, e devem ser preservadas, pela sua simbiose com a paisagem natural. 

O reconhecimento da categoria de paisagem fortificada afirma, definitivamente, uma visão de conjunto que prevalece na abordagem aos sistemas defensivos de cariz urbano, aos quais eram igualmente atribuídos valores simbólicos. Esta paisagem, que conjuga o natural e o cultural, faz parte da memória coletiva, identifica o “lugar”, e deve ser estudada e valorizada através da partilha do conhecimento sobre a sua história, características e contextos e de projetos para os futuros.

 Este evento científico, no seguimento dos anteriormente realizados, visa a divulgação e partilha de conhecimento resultante de investigação mais recente nas áreas da história, arqueologia, urbanismo, arquitetura, arte e cultura, ou a apresentação de projetos de estudo e valorização do património fortificado relacionados com os eixos temáticos definidos. 

Eixos temáticos

- Defesa das estruturas urbanas na época medieval;

- Fortificação e urbanismo: a revolução militar na europa nos séculos XVI-XVIII;

- Interpretação e representação da paisagem fortificada.

Idiomas do congresso

Português

Inglês

Espanhol

Organização:
Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos
Local:
Lisboa e Tomar