Saltar para o conteúdo principal da página

Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves

A Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves é um espaço museológico da cidade de Lisboa onde se expõe o acervo reunido pelo médico colecionador António Anastácio Gonçalves. O conjunto de cerca de 3.000 obras de arte compõe-se por três grandes núcleos: pintura portuguesa dos séculos XIX e XX, porcelana chinesa e mobiliário português e estrangeiro. Existem ainda importantes núcleos de ourivesaria civil e sacra, pintura europeia, escultura portuguesa, cerâmica europeia, têxteis, numismática, medalhística, vidros e relógios de bolso de fabrico suíço e francês. Para além das obras reunidas pelo colecionador, a Casa-Museu encerra ainda um significativo espólio documental e um conjunto de desenhos, aguarelas e pequenos artefactos pertencentes ao espólio do pintor Silva Porto.

A atual Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, um projeto do arquiteto Norte Júnior datado de 1904-05, foi mandada construir pelo pintor José Malhoa para sua casa de habitação e atelier de trabalho. A primeira casa-de-artista da capital, Prémio Valmor em 1905, integrava-se urbanisticamente no plano de crescimento da cidade de Lisboa. A “Casa-Malhoa” foi adquirida em 1932 pelo Dr. Anastácio Gonçalves (1889-1965), que ali viveu e organizou a sua coleção até ao ano da sua morte. Em 1969, por vontade expressa do colecionador, o edifício é legado ao Estado Português para aí se criar um Museu que abre ao público em 1980. Em 1996, com projeto dos arquitetos Frederico e Pedro George, foram realizadas obras de ampliação e beneficiação, anexando-se ao edifício original uma moradia contígua também assinada por Norte Júnior. O novo espaço proporcionou o alargamento da área de acolhimento do visitante com loja, cafetaria e zona para exposições temporárias. A Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves reabriu em dezembro de 1997 com a sua configuração atual.

Conteúdos editados pela DDCI.

Contactos e
Localização

Tutela:
DGPC
Director(a):
Ana Mântua (Coordenadora)
Endereço:
Avenida 5 de Outubro, 6-8 1050-055 Lisboa
GPS:
Lat: 38,73259756447723 Long: -9,146411584655766
Telf(s):
+ 351 213 540 823/09
E-mail:
divulgacao@cmag.dgpc.pt

Autocarros urbanos: Autocarros 21, 49, 83, 90, 701, 720, 727, 732, 738, 745
Metro: Metro Saldanha e Picoas

Acessibilidade: Percurso táctil, legendado em braille, que incide na coleção de mobiliário e pintura da Casa-Museu.

Terça-feira a domingo das 10h00-13h00 e das 14h00-18h00.

Encerrado: Segunda-feira, 1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1 de maio, 13 de junho, 24 e 25 de dezembro.

Ingresso

Bilhete normal: 3,00 €

Bilhética geral DGPC - consulte aqui

Bilhética on-line DGPC - adquira aqui

Condições de ingressos no Museus e Monumentos da DGPC - consulte aqui

Isenções:

Entrada gratuita aos domingos e feriados até às 14h00 para todos os cidadãos residentes em território nacional.

. Todos os elementos de grupos superiores a 12 pessoas pagam bilhete.
. Crianças e jovens até aos 12 anos inclusivé*
. Visitantes em situação de desemprego residentes na União Europeia*
. Visitantes com mobilidade reduzida (60% de incapacidade comprovada documentalmente) e 1 acompanhante.
. Membros do ICOM, ICOMOS e APOM
. Investigadores, /conservadores/restauradores, profissionais de museologia e/ou património em exercício de funções *
. Associações culturais (Exclusivamente para os associados de Grupos de Amigos dos Museus, Monumentos e Palácios da DGPC (esta isenção restringe-se apenas ao equipamento cultural onde o visitante for membro do Grupo de Amigos)*
. Voluntários em exercício na Direção-Geral do Património Cultural e 1 acompanhante*
. Jornadas Europeias do Património (Domingo)
. Dia Internacional dos Monumentos e Sítios - 18 de Abril (Exclusivamente para os Monumentos sob tutela da DGPC)
. Dia Internacional dos Museus - 18 de Maio (Exclusivamente para os museus e palácios sob a tutela da DGPC)
. Noite dos Museus e 5ªas á Noite (No acesso às atividades organizadas no âmbito do respetivo programa organizado pela DGPC)
. Profissionais de atividade turística mediante apresentação de comprovativo de registo no RNAAT
. Jornalistas em exercício de funções* mediante comunicação prévia
. Funcionários da DGPC* e 3 acompanhantes
. Professores e alunos de qualquer grau de ensino, incluindo Universidades Sénior ou de 3ª Idade, quando comprovadamente em visita de estudo e mediante marcação prévia confirmada pela Direção do SD*
. Grupos credenciados de Instituições Portuguesas de Solidariedade Social ou de Áreas de Ação Social de Autarquias ou outras Instituições de Interesse Público mediante autorização prévia da Direção da DGPC.

* Mediante comprovação documental.

Descontos:

Visitantes com idade igual ou superior a 65 anos* - 50%
Cartão de estudante não enquadrado em visita de estudo - 50%
Cartão Jovem - 50%
Bilhete Família (a partir de 4 elementos com ascendência directa de 1º grau ou equiparado) - 50%
Protocolos com entidades terceiras - 20%
Aquisições superiores a 250 bilhetes por tipologia e com antecipação mínima de 48h - 7,5%
Aquisições superiores a 500 bilhetes por tipologia e com antecipação mínima de 48h - 10%
Aquisições superiores a 1000 bilhetes por tipologia e com antecipação mínima de 48h - 15%

* Mediante comprovação documental.

Bilhetes Circuito
Lisboa - 8 Museus de Lisboa (Casa-Museu Anastácio Gonçalves + Museu da Música + Museu do Chiado + Museu Nacional de Arte Antiga + Museu Nacional do Azulejo + Museu Nacional do Traje + Museu Nacional do Teatro + Panteão Nacional) - 25,00 €
Chiado e Casa-Museu - Museu Nacional de Arte Contemporânea + Casa-Museu Anastácio Gonçalves - 5,00 €

NORMAS GERAIS
É obrigatória marcação prévia para grupos superiores a 50 pessoas.
Os descontos de quantidade não se aplicam a Bilhetes de Circuito.
Todos os descontos aplicados a bilhetes individuais são aplicáveis a Bilhetes de Circuito e a visitas guiadas com exceção das visitas guiadas fora do horário de funcionamento.
Os vouchers emitidos na aquisição antecipada de bilhetes têm a validade de 1 ano.
Os descontos não são acumuláveis.
É proibido fumar ou comer em qualquer local do circuito de visita.

Acolhimento

Loja

Exposição permanente: Coleções reunidas pelo Dr. Anastácio Gonçalves, apresentadas de acordo com a ambiência em que o colecionador viveu.

Centro de Documentação / Biblioteca: Possui um espólio documental de 5800 obras (literatura e história da arte). Consulta mediante marcação prévia.

Serviços Educativos: atividades dirigidas a diferentes públicos, mediante marcação prévia. 

Sala para eventos: 80 lugares.

Realiza visitas orientadas e ateliers de expressão artística, sujeitos a marcação prévia, para diversos tipos de público. Desenvolve ainda projetos de continuidade com escolas e material pedagógico de apoio às exposições do museu. É seu objetivo promover experiências gratificantes de aprendizagem, para todas as faixas etárias e num âmbito de educação não formal. A aprendizagem ao longo da vida e a interdisciplinaridade, a par da tentativa de inclusão de públicos com necessidades especiais, assumem-se como referência deste Serviço. Nesse sentido, realizam-se programas específicos para população adulta ativa.


Consulte aqui:

             (atividades em destaque jan./jun. 2017)


Contactos /reservas:

Tel.: + 351 213 540 823;

Fax.: + 351 213 548 754;

E-mail: servicoseducativos@cmag.dgpc.pt

Para saber mais

• Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves. Roteiro, Lisboa, IPM, 2002.

• Maria Antónia Pinto de Matos, A Casa das Porcelanas. Cerâmica Chinesa da Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa, IPM, 1996.

• Maria Antónia Pinto de Matos, Chinese Export Porcelain. From the Museum of Anastácio Gonçalves, Lisbon, London/Lisbon, Philip Wilson Publishers Limited / Instituto Português de Museus, 1996.

• China e Islão. Gramáticas Decorativas, Lisboa, CMAG, 1992.

• Azul e Branco da China. Porcelana ao tempo dos Descobrimentos. A Colecção Amaral Cabral, Lisboa, IPM, 1997.

• Pintura na colecção Amaral Cabral, Lisboa, IPM, 1998.

• António Firmo da Costa. Um Ourives de Lisboa através da sua Obra, Lisboa, IPM, 2000.

• Uma Família de Coleccionadores. Poder e Cultura. Antiga Colecção Palmela, Lisboa, IPM, 2001.

• Da Flandres e do Oriente. Escultura Importada. Colecção Miguel Pinto, Lisboa, IPM/CMAG, 2002.

• José António Proença, Mobiliário da Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa, IPM/CMAG, 2002.

• Isabel Falcão, Pintura Portuguesa. Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa, IPM/CMAG, 2003.

• Henri Burnay: De Banqueiro a Coleccionador, Lisboa, IPM/CMAG, 2003.

• João Vaz (1859-1931). Um Pintor do Naturalismo , Lisboa, IPM/CMAG, Maio 2005.

• Xavier e Lótus na Casa-Museu , Lisboa, IMC/CMAG, Novembro 2007.

• Isabel Falcão, Portuguese Painting Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves , Lisboa, IMC/CMAG, November 2007.

• José António Proença , Furniture from the Casa-Museu Dr. António Gonçalves , Lisboa, IMC/CMAG, April 2008.

• Eurásia – Dez novos artistas na Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves , 14 de Março – 4 de Maio 2008, IMC/CMAG 2008.

• Olhares Cruzados sobre Arte e Islão , Lisboa, IMC/CMAG, 2008.

• Os anos de Exílio da Rainha D. Amélia. Colecção Remi Fénérol , Lisboa, IMC/CMAG, Novembro 2008.

 

Agenda Cultural

Loja

Última actualização: 27 Novembro 2017

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC