Saltar para o conteúdo principal da página

Museus, Monumentos e Palácios 17/05/2018

Resultados do Estudo de Públicos de Museus Nacionais sobre o Museu Nacional do Azulejo

Decorreu no Museu Nacional do Azulejo, no passado dia 10 de maio, a sessão de apresentação dos Resultados do Estudo de Públicos de Museus Nacionais sobre o Museu Nacional do Azulejo.

Na mesa estiveram presentes a Diretora do Museu Nacional do Azulejo, Dra. Maria Antónia Pinto de Matos, a Diretora do Departamento de Museus, Conservação e Credenciação da DGPC, Dr.ª Teresa Mourão, o Presidente do Conselho de Administração da Fundação Millennium bcp, Dr. Fernando Nogueira, o Deputy Chief Marketing Officer da ONI, Dr. Jorge Rodrigues, o Diretor do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE, Prof. Doutor João Sebastião e o Coordenador Científico do Estudo, Prof. Doutor José Soares Neves, que apresentou os resultados.

O Estudo de Públicos de Museus Nacionais foi promovido pela Direção-Geral do Património Cultural e visou a produção de informação fiável sobre os públicos, para o conjunto e para cada um dos museus da DGPC, num leque alargado de dimensões de análise, promovendo assim o seu conhecimento e, por essa via, uma melhor resposta aos desafios que a relação dos museus com os públicos vem colocando.

O Estudo tem como parceiro científico o Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES-IUL) e contou como apoio mecenático da Fundação Millennium bcp e da ONI.

Os resultados do Estudo de Públicos de Museus Nacionais sobre o Museu Nacional do Azulejo encontram-se publicados com detalhe em http://www.patrimoniocultural.gov.pt/static/data/rpm/estudopublicos/mnaz_report_052018.pdf e sinteticamente em http://www.patrimoniocultural.gov.pt/static/data/rpm/estudopublicos/epmn_mnaz_052018.pdf.

Ao longo deste ano de 2018 e do próximo, serão apresentados os resultados do Estudo de Públicos de Museus Nacionais sobre os restantes 13 museus participantes no estudo, sendo que o próximo será o Museu Nacional Machado de Castro.