Saltar para o conteúdo principal da página

Notícias 07/12/2017

"Produção de Figurado em Barro de Estremoz", mais conhecida como "Bonecos de Estremoz", reconhecida como Património Cultural Imaterial da Humanidade

A Inscrição da “Produção de Figurado em Barro de Estremoz”, vulgarmente conhecida como “Bonecos de Estremoz”, foi reconhecida como Património Cultural Imaterial da Humanidade, hoje, na 12.ª Reunião do Comité Intergovernamental da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) para Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que decorre na Ilha Jeju, na Coreia do Sul, até sábado.

A decisão, que ocorreu pelas 1h05, foi bastante celebrada pela comitiva portuguesa que durante os festejos exibiu exemplares de “Bonecos de Estremoz”.

Na área de Património Cultural e Imaterial da Humanidade estavam a concorrer inicialmente 49 candidaturas, das quais 35 foram aprovadas, tendo no final recolhido parecer negativo 11.

A produção do figurado de barro de Estremoz constitui uma prática tradicional de carácter marcadamente artesanal, emblemática da comunidade e do centro de produção que lhe conferem a designação, caracterizada pela manufatura de peças de caráter eminentemente religioso, simbólico, lúdico ou decorativo, vivamente policromas.

Tendo consistido originalmente numa atividade exclusivamente feminina, a prática e a sua aprendizagem realiza-se desde há mais de um século sem qualquer exclusão de género, quer em contexto oficinal, quer em contexto familiar, verificando-se que os laços de parentesco desempenharam desde sempre um papel primordial na transmissão da tradição.

Inscrita num tempo longo, esta prática cultural caracteriza-se na atualidade pela permanência dos processos tradicionais de modelação do barro e pelas diversas tipologias de figurado sucessivamente desenvolvidas e incorporadas na tradição artesanal local, não obstante as diversas adaptações técnicas e tecnológicas realizadas nas últimas décadas.

Clique AQUI para aceder directamente à Ficha de Inventário completa disponível na base de dados do Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, assim como a toda a documentação do respectivo processo de proteção legal.