Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Protocolos 08/12/2020

Espólio de Maria Keil vai ser inventariado e exposto pela Direção-Geral do Património Cultural

O espólio da artista Maria Keil (1914-2012), composto por cerca de 2.000 peças, desde pintura, tapeçaria e correspondência, vai ser inventariado pela Direção-Geral do Património Cultural e depositado num museu nacional, para investigação e divulgação pública.
Esta decisão resulta de um protocolo assinado entre o Ministério da Cultura e Francisco Keil do Amaral, filho da artista.