Saltar para o conteúdo principal da página

Caneca Grande Panorama de Lisboa - Museu Nacional do Azulejo

<p>Adaptação<br /> Porcelana</p>
<p>Caneca em porcelana, inspirada no pormenor do Terreiro do Paço do painel de azulejos azul e branco Grande Panorama de Lisboa, atribuido a Gabriel del Barco (1648-?), datado de cerca de 1700.</p>
<p>Este paínel, com 23 metros de comprimento representa a cidade de Lisboa vista do Rio Tejo. Sendo dos únicos registos anteriores ao terramoto que arrasou Lisboa em 1755, a sua existência assume especial importância ao representar edifícios que foram destruídos, palácios, igrejas, mercados, pontes, chafarizes, os transportes terrestres, o movimento dos barcos no Tejo, permitindo-nos conhecer um pouco da história da capital no início do século XVIII.</p>
<p>Museu Nacional do Azulejo</p>

Adaptação
Porcelana

Caneca em porcelana, inspirada no pormenor do Terreiro do Paço do painel de azulejos azul e branco Grande Panorama de Lisboa, atribuido a Gabriel del Barco (1648-?), datado de cerca de 1700.

Este paínel, com 23 metros de comprimento representa a cidade de Lisboa vista do Rio Tejo. Sendo dos únicos registos anteriores ao terramoto que arrasou Lisboa em 1755, a sua existência assume especial importância ao representar edifícios que foram destruídos, palácios, igrejas, mercados, pontes, chafarizes, os transportes terrestres, o movimento dos barcos no Tejo, permitindo-nos conhecer um pouco da história da capital no início do século XVIII.

Museu Nacional do Azulejo

Referência: IPPRCAN12069058

Dimensões:

Peso: